20 dicas para escrever bem

0 comentários

1. Evite repetir a mesma palavra, porque essa palavra vai se tornar uma palavra repetitiva e, assim, a repetição da palavra fará com que a palavra repetida diminua o valor do texto em que a palavra se encontre repetida!

2. Fuja ao máx. da utiliz. de abrev., pq elas tb empobrecem qquer. txt ou mensag. que vc. escrev.

3. Remember: Estrangeirismos never! Eles estão out! Já a palavra da língua portuguesa é very nice! Ok?

4. Você nunca deve estar usando o gerúndio! Porque, assim, vai estar deixando o texto desagradável para quem vai estar lendo o que você vai estar escrevendo. Por isso, deve estar prestando atenção, pois, caso contrário, quem vai estar recebendo a mensagem vai estar comentando que esse seu jeito de estar redigindo vai estar irritando todas as pessoas que vão estar lendo!

5. Não apele pra gíria, mano, ainda que pareça tipo assim, legal, da hora, sacou? Então joia. Valeu!

6. Abstraia-se, peremptoriamente, de grafar terminologias vernaculares classicizantes, pinçadas em alfarrábios de priscas eras e eivadas de preciosismos anacrônicos e esdrúxulos, inconciliáveis com o escopo colimado por qualquer escriba ou amanuense.

7. Jamais abuse de citações. Como alguém já disse: “Quem anda pela cabeça dos outros é piolho”. E “Todo aquele que cita os outros não tem ideias próprias”!

8. Lembre-se: o uso de parêntese (ainda que pareça ser necessário) prejudica a compreensão do texto (acaba truncando seu sentido) e (quase sempre) alonga desnecessariamente a frase.

9. Frases lacônicas, com apenas uma palavra? NUNCA!

10. Não use redundâncias, ou pleonasmos ou tautologias na redação. Isso significa que sua redação não precisa dizer a mesmíssima coisa de formas diferentes, ou seja, não deve repetir o mesmo argumento mais de uma vez. Isso que quer dizer, em outras palavras, que não se deve repetir a ideia que já foi transmitida anteriormente por palavras iguais, semelhantes ou equivalentes.

11. A hortografia meresse muinta atensão! Preciza ser corrijida ezatamente para não firir a lingúa portuguêza!

12. Não abuse das exclamações! Nunca!!! Jamais!!! Seu texto ficará intragável!!! Não se esqueça!!!

13. Evitar-se-á sempre a mesóclise. Daqui para frente, pôr-se-á cada dia mais na memória: “Mesóclise: evitá-la-ei”! Exclui-la-ei! Abominá-la-ei!”

14. Muita atenção para evitar a repetição de terminação que dê a sensação de poetização! Rima na prosa não se entrosa: é coisa desastrosa, além de horrorosa!

15. Fuja de todas e quaisquer generalizações. Na totalidade dos casos, todas as pessoas que generalizam, sem absolutamente qualquer exceção, criam situações de confusão total e geral.

16. A voz passiva deve ser evitada, para que a frase não seja passada de maneira não destacada junto ao público para o qual ela vai ser transmitida.

17. Seja específico: deixe o assunto mais ou menos definido, quase sem dúvida e até onde for possível, com umas poucas oscilações de posicionamento.

18. Como já repeti um milhão de vezes: evite o exagero. Ele prejudica a compreensão de todo o mundo!

19. Por fim, Lembre-se sempre: nunca deixe frases incompletas. Elas sempre dão margem a

FONTE: JB Oliveira

4 Passos para escrever um livro

0 comentários
Você já teve vontade de escrever um livro mas não sabia como começar?

Este artigo traz os quatro primeiros passos para você escrever seu primeiro livro e realizar aquele sonho a muito deixado de lado.

1 - Defina uma linha a seguir


Procure um lugar onde não será incomodado. É hora de sonhar; mentalize e escreva as principais idéias e cenas que pretende colocar no livro. Assim você irá construir a linha mestra do que acontecerá na sua obra.
Nesta etapa eu costumo pensar em quatro cenas, que julgo ser extremamente importantes para o livro:

- A cena inicial que apresenta a história e o principais personagens.
- A cena da primeira virada onde o protagonista é "forçado a agir" e mudar o seu estilo de vida.
- A cena da segunda virada, que ocorre depois do meio do livro, mais ou menos a um terço do final. O protagonista, durante a obra, passa por todos os tipos de provas e conflitos, quando o livro se aproxima do final colocamos a segunda virada, quando a história muda de rumo e caminha para a cena final.
- A cena final, aquela que fecha a história ou abre caminho para a continuação em um outro livro.
Se estes quatro pontos da obra estiverem bem definidos, fica muito mais fácil preencher cada capitulo. E principalmente, ajuda a minimizar aqueles "brancos" que ocorrem de vez em quando quando estamos escrevendo.

2 - Cuide de seus personagens


Crie os protagonistas e personagens da sua obra. Responda as seguintes perguntas para cada personagem:

Qual é o nome completo do personagem?
Qual a idade?
Qual é o seu grande objetivo?
De quê ele gosta?
Quais coisas ele não gosta?
Como foi o seu passado?
Como são seus sentimentos?
Como são seus pensamentos?

Lembre-se quanto mais completa for a personalidade de seu personagem, mais convincente e cativante ele será.

3 - Tenha em mente a evolução da história


Você está contando uma parte da vida de seus personagens, assim tenha em mente que precisa haver uma evolução.
Eles começam o livro em uma situação e no decorrer do livro eles devem evoluir para outra situação.

4 - Pense nos obstáculos que o protagonista irá enfrentar


Lembre-se de que o protagonista deve enfrentar um antagonista. Esta trama pode assumir diversas formas: Luta entre o bem e o mau (ou mocinho e bandido), A luta pela sobrevivência, A luta interna entre estados de espírito conflitantes, etc.


Logo mais confira os próximos passos a serem considerados para escrever seu primeiro livro. Até lá.
Fonte: Hathor

NOTA

Todas as marcas registradas, logos e patentes, assim como qualquer material protegido por lei, são reservados aos proprietários e/ou idealizadores das mesmas. Sendo utilizadas aqui somente como referências a editora.

Se você encontrou algum conteúdo de qualquer natureza que viole algum tipo de lei e que não pode ser usado nesse site, favor entre em contato conosco que retiraremos o conteúdo imediatamente.